Quarta-feira, 5 de Maio de 2010

Comercio externo

Na curta visita a Montevidéu, Inácio Lula da Silva disse que o interesse do seu governo que o desenvolvimento do Uruguai para continuar e anunciou que irá maximizar os oito meses restantes de mandato para realizar projetos conjuntos entre os dois países.

José Mujica não poupou elogios a Lula, a quem descreveu como "o mais prestigiado presidente ao longo da América Latina e talvez do mundo."

O Presidente salientou que estudamos mecanismos "que permitem o comércio, o comércio com a nossa própria moeda e deixar a dependência de moeda forte de fora da região". Ele também mencionou a importância do comércio exterior com o Brasil, "o nosso maior cliente, e perseverar na melhoria das relações económicas, comerciais, sociais e políticos.
Google Ads

Lula lembrou que a visita de Mujica de Brasília, em 29 de março concordaram em estabelecer uma comissão bilateral para as políticas de integração para os empresários e os ministros dos dois países reuniram-se ontem começou a apresentar propostas.

Segundo Lula, a relação comercial entre os dois países está a progredir a título excepcional, com um pequeno excedente em favor do Uruguai e considerou "extremamente importante que a economia uruguaia tem um crescimento sustentável" para o país para competir de forma mais justa de Mercosul e América Latina.

Lula disse que o Brasil, sendo a maior economia da América do Sul, tem a obrigação de se tornar um mercado alvo principal de produtos manufaturados produzidos nos países do Mercosul.

A integração física. "A maior preocupação", disse o presidente brasileiro é a integração física com o continente e no Uruguai, disse ele. Ele também expressou o interesse do Brasil de participar no processo de integração rodoviária, incluindo o seu financiamento, e para vivificar o canal ferroviário de Livramento.

Ele disse que há um centro de convenções proposto em Montevidéu, que deverá ser concluída em três meses e um projecto incluído no interior de um programa de aceleração do crescimento econômico no país, que lançou este ano.

Mujica Lula propôs manter uma nova reunião em Santa Ana do Livramento no final de julho ou início de agosto eo final de seu mandato, para tentar realizar os projetos mais comuns. Ele lembrou que a Petrobras busca de petróleo na plataforma marítima do Uruguai, que sabe o que isso significa para a integração do Uruguai, um porto de águas profundas e Rocha disse que o projeto deve ser aprofundado.

Lula disse que "se Deus ajuda", irá acordo comercial entre o MERCOSUL ea União Europeia. Para Lula, "é capaz de ir muito mais longe, especialmente se ele atende a previsão de crescimento económico para as economias dos dois países. O presidente observou que "o mundo saiba que sofrem menos com a crise, porque estávamos mais responsável", "Nosso sistema financeiro é sólido, a nossa política fiscal mais responsável." Por conseguinte, previu que o século XXI será a América do Sul. "Ele vai ocupar um lugar importante no estágio da economia mundial", disse ele.

publicado por bancatelefonica às 12:46
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Fundos de pensões: Alguma...

. Como aplicar os cartões d...

. O que es renting?

. A origem da banca telefón...

. Fundos Pensoes

. Banca telefónica

. Seguro Multi-Riscos

. A rentabilidade dos plano...

. Modelos existentes DISTÂN...

. Vantagens dos fundos de i...

.arquivos

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds